DISFORIA DO GÉNERO espaço não oficial

04
Mar 09

Estes últimos tempos têm sido algo dificeis para mim.

Uma luta interna constante para me manter à tona.

Não me tem apetecido escrever, fazer nada.

Chego a casa cansado. Cansado do trabalho, cansado do ambiente, cansado da hipócrisia, cansado das futilidades, cansado das banalidades. Cansado de pequenas situações que, para quem já está cansado, assumem a forma dos moinhos de vento de Dom Quichote.

Estou cansado desta vida, desta espera.

Uma pessoa passa meses a construir uma relação confortável - no meu caso com os utentes -, em que assume a sua verdadeira personalidade, constrói, mantém, para, de um momento para o outro, em poucos minutos, vir um colega que põe por terra tanto empenho, tanto cuidado.

Por vezes sinto-me tão revoltado que me apetece desistir de tudo e de todos.

Pergunto-me até quando. Até quando vou precisar de despender energia preciosa para manter o equilíbrio, aguardando o tão esperado dia...

 

publicado por UNO às 23:43

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


posts recentes

espera

subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
Portal da ordem dos médicos
ARTIGO 55.º (Transsexualidade e manipulação genética) 1. É proibida a cirurgia para reatribuição do sexo em pessoas morfologicamente normais, salvo nos casos clínicos adequadamente diagnosticados como transexualismo ou disforia do género. (Redacção introduzida pelo Plenário dos Conselhos Regionais de 95.06.03) 2. É proibida a manipulação genética no Ser Humano.
.
blogs SAPO