DISFORIA DO GÉNERO espaço não oficial

13
Jul 08

O estudo dos posts anteriores são, integralmente, retirados do powerpoint da Gender Care.

 Pessoalmente não creio em vítimas, apenas em experiências - dolorosas mas extremamente enriquecedoras.

 Graças "aos céus", as coisas estão a mudar, apesar de tudo, para melhor.

Temas tão delicados e controversos como este já estão a ser, a algum tempo, estudados, com seriedade, responsabilidade e profissionalismo.

Que Deus abençoe todos estes seres que trabalham para melhorar a qualidade de vida de todos quantos padecem desta e de tantas outras questões.

Já não há razão de peso que justifique o sacrifício insano das almas que se propuseram a viver tão difícil experiência.

Ser homossexual é muito doloroso, ainda assim, o seu peso não chega aos calcanhares da Transsexualidade. GARANTO.


TARDES DA JÚLIA A TRANS É UMA DOENÇA?
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
Portal da ordem dos médicos
ARTIGO 55.º (Transsexualidade e manipulação genética) 1. É proibida a cirurgia para reatribuição do sexo em pessoas morfologicamente normais, salvo nos casos clínicos adequadamente diagnosticados como transexualismo ou disforia do género. (Redacção introduzida pelo Plenário dos Conselhos Regionais de 95.06.03) 2. É proibida a manipulação genética no Ser Humano.
Online
online
.
Visitantes
Mississippi Jones Act
Mississippi Jones Act Counter
blogs SAPO